sexta-feira, 6 de dezembro de 2013

IMPOTÊNCIA SEXUAL MASCULINA E ACUPUNTURA



 



DEFINIÇÃO
A disfunção erétil masculina é a incapacidade de manter o pênis erétil para uma satisfatória relação sexual. Anteriormente chamada de impotência sexual, esta terminologia foi mudada para disfunção erétil.
A impotência sexual nada mais é a inabilidade para inserir o pênis na vagina e manter uma atividade por tempo de satisfação.



ANATOMIA DO PÊNIS
O pênis é dividido em três partes: cabeça, corpo e raiz, a cabeça é chamada de glande e é o ponto mais sensível do pênis.  Enquanto está mole a cabeça é envolvida por uma pele chamada prepúcio que serve para proteger o pênis. Quando o pênis está ereto a pele se retrai e deixa a glande exposta.




CAUSAS MAIS COMUNS:
-CIRURGIA: Cirurgia do intestino grosso, reto ou próstata e radioterapia pode lesar vasos e nervos neste seguimento.
-VASCULARES: A arteriosclerose (endurecimento das artérias), derrame cerebral, cigarro, hipertensão, doença cardíaca.
-NERVOSAS: Problemas neurológicos, lesão da medula espinhal, esclerose múltipla, degeneração dos nervos, derivados do diabetes e consumo de álcool.
-DOENÇAS CRONICAS: Em função da própria idade.
-DIABETES: O diabetes pode lesar os nervos (neuropatia), os vasos sanguíneos (arteriosclerose), que levam o sangue para o pênis.
-HORMONAIS: Baixos níveis de hormônios podem causar disfunção.
FATORES RELACIONADOS AO ESTILO DE VIDA
-ALCOOL: O consumo excessivo de bebidas alcoólicas, pode levar a disfunção erétil, assim como a desequilíbrios hormonais.
-FUMO: O fumo é o principal causador de disfunção erétil, pela diminuição da pressão do sangue para o pênis, causando vasoconstricção peniana.
-FATORES EMOCIONAIS: Excesso de trabalho, estresse demasiado e ansiedade são os mais comuns, com piora do quadro se fumante, e ou obesidade.



COMPLICAÇÃO DA DOENÇA
Qualquer condição patológica que afete o fluxo sanguíneo para o pênis durante o ato sexual, pode ocasionar a disfunção erétil. A situação pode se agravar muito se o paciente for portador de doença cardíaca, diabetes e pressão alta e obesidade.





SITUAÇÃO PSICOLÓGICA DO PACIENTE
Muitos homens apresentam problemas de ereção, e muitos destes problemas podem ser temporários ou não, depende muito de qual situação de saúde física ou emocional que o paciente apresenta.
O homem moderno acaba sofrendo inúmeras formas de pressão do cotidiano, onde leva o individuo a sofrer de um stress consequente, isto provoca uma serie de situações perversas, que podem muitas vezes diminuir consequentemente a libido e o prazer sexual.
A dificuldade em manter a ereção causa muito medo, pavor e muita ansiedade no individuo, isto piora muito o quadro, pois o nervosismo provocado pela idéia de “falhar” já causa uma baixa na libido e na auto-estima. As coisas somente pioram se o paciente não procurar ajuda.
Outras situações poderão estar envolvidas no plano emocional como o desgaste da afetividade e o desgaste no casamento, ou na relação de longa data.



IMPOTÊNCIA E MEDICINA CHINESA

A impotência é colocada como um distúrbio na medicina tradicional chinesa, portanto o padrão desarmônico ou processo patológico propriamente dito deve ser avaliado com cuidado caso a caso, pois haverá inúmeras possibilidades diagnósticas.
Dentre os padrões desarmônicos poderemos encontrar quadros clínicos como: Umidade e calor, vazio o Yang do Rim, vazio do Qi do Baço e Coração. 
Usamos agulhas no corpo e em regiões especificas para tonificar os meridianos e provocar a vasodilatação peniana, dando maior estabilidade na relação sexual.
Os resultados são promissores logo nas primeiras sessões, claro que cada caso é um caso, precisa-se avaliar cuidadosamente.



                                             CASO CLÍNICO





















...O DESEJO E O PRAZER 

PRECISA SER EXPLORADO

 AO MAXIMO, POIS A 

FELICIDADE DEPENDE DA

 BUSCA DE CADA UM...













SERVIÇOS - mapa da região (clique no endereço desejado) 
Dr. José Antonio Rinaldi (Crefito3 / 12347-F)

Consultório I: Rua Salete, 117 - Santana - Telefone: (11)2973-9099
Consultório II: Rua Serra de Bragança, 1355 - Tatuapé - Telefone:(11) 3628-2125 / 3628-2129
Consultório III: Av.Onze de Junho, 357 -Vila Clementino  - Telefone: (11)3211-7105



CONTATOS
Cel: 55(11)- 993472511
email: dr.rinaldiacupuntura@gmail.com



quarta-feira, 27 de novembro de 2013

EMAGRECIMENTO POR ACUPUNTURA







RESULTADOS
                                               

                                                             CASO CLÍNICO

Paciente (S F C), 62 anos, portadora de hipertensão arterial sistêmica, e hipotireoidismo, procurou consultório com queixas de ganho de peso de forma constante ha 4 anos e com dificuldades em emagrecer, mesmo com dietas.
A paciente sofria de cefaleia há anos também, porém com crises esporádicas. Também havia queixas de dores pelo corpo e coluna vertebral que dificultava suas atividades da vida diária (AVDS), com piora progressiva e distúrbios circulatórios em membros inferiores, varizes aparentes e inchaços.  A princípio iniciamos um tratamento para dores com a proposta de redução de medidas e perda de peso.

INICIO DO TRATAMENTO: MEDIDAS DA CINTURA
-Abdomen superior = 97 cm
-Abdomen médio      = 109 cm
-Abdomen inferior    = 110 cm


FINAL DO TRATAMENTO: MEDIDAS DA CINTURA               
-Abdomen superior  = 92 cm
-Abdomen médio      = 95 cm
-Abdomen inferior    = 99 cm


   
                                        (PERDA DE 30 CENTÍMETROS DA CINTURA)
                     

                                                     

A paciente realizou 30 sessões de acupuntura e perdeu 30 centímetros de medidas da cintura, portanto perdeu 1 centímetro por sessão. 








SERVIÇOS - mapa da região (clique no endereço desejado) 
Dr. José Antonio Rinaldi (Crefito3 / 12347-F)

Consultório I: Rua Salete, 117 - Santana - Telefone: (11)2973-9099
Consultório II: Rua Serra de Bragança, 1355 - Tatuapé - Telefone:(11) 3628-2125 / 3628-2129
Consultório III: Av.Onze de Junho, 357 -Vila Clementino  - Telefone: (11)3211-7105




CONTATOS
Cel: 55(11)- 993472511
email: dr.rinaldiacupuntura@gmail.com








segunda-feira, 18 de novembro de 2013

DORES MUSCULARES E ACUPUNTURA





 DEFINIÇÃO
A dor muscular ou mialgia é qualquer dor que acomete determinada parte do corpo localizado ou não. A dor pode surgir devido à tensão dos músculos, onde este seguimento do corpo pode ter sofrido tensões exageradas devido ao esforço excessivo, e esta sobrecarga irá provocar dor e inflamação no local.

ANATOMIA MUSCULAR
São estruturas individualizadas que  cruzam uma ou mais articulações e pela sua contração são capazes de transmitir-lhe o movimento. Todo este mecanismo é feito por células especializadas denominadas fibras musculares, onde toda sua energia é controlada pelo sistema nervoso central. Os músculos transformam energia química em energia mecânica. Os músculos compõem 40 a 50% de todo o peso corporal.

GRUPOS MUSCULARES
A-Cabeça
B-Pescoço
C-Tórax
D-Abdome
E-Região posterior do tronco
F-Membros superiores
G-Membros inferiores
H-Órgãos do sentidos
I-Períneo




TIPOS DE MUSCULOS
A-Músculos Estriados Esqueleticos: são músculos voluntários, ou seja se contraem de acordo com a nossa vontade.
B-Músculos Lisos: tem ação involuntária, estão localizados nos vasos sanguíneos, vias aéreas e na maioria dos órgãos da cavidade abdomino-pélvica.
C-Musculo Cardíaco: é um musculo estriado, porém é involuntário.




 
FUNÇÃO DOS MUSCULOS
1-Movimentos corporais: andar e correr;
2-Estabilização postural: contração muscular que estabilizam as articulações e promovem posturas como ficar de pé e sentar;
3-Regulação do volume dos órgãos: a contração dos anéis dos músculos lisos impedem a saída do conteúdo dos órgãos;
4-Substancias dentro do corpo: a contração dos vasos sanguíneos regulam a intensidade do fluxo.
5-Regulação e produção de calor: a contração muscular produz calor e ajusta a manutenção da temperatura corporal.






TIPOS DE DORES MUSCULARES
As dores musculares quase sempre estão relacionadas ao stress, atividades profissionais e posturas inadequadas, pratica de esportes intensas, onde ocorre sobrecarga tanto nos músculos e nas articulações.
-DORES MUSCULARES PELO CORPO: dores pelo corpo todo pode ter diagnóstico de fibromialgia, e também estar relacionada a depressão, insônia, enxaquecas e hipersensibilidade muscular.
-DORES NAS ARTICULAÇÕES: as dores musculares articulares estão relacionadas aos esforções excessivos, excesso de peso e os idosos.  Podem atingir ligamentos e os tendões.
-DORES DOS MUSCULOS DOS BRAÇOS: as dores acometem os braços devido ao esforço, principalmente gerando tendinites de má circulação.
-DORES MUSCULARES NAS COSTAS: as dores mais comuns são as lombares, quase sempre devido a má postura e uso inadequado do corpo durante o trabalho.
-DORES NAS COXAS: quase sempre relacionado à pratica desportiva, tanto pelo excesso como a falta de aquecimento ou alongamento adequados.
-DORES DOS MUSCULOS DOS OMBROS: estão ligadas intimamente ao stress e a tensão diária, aos esforços exagerados e a doenças crônicas.
-DORES NAS PERNAS: relacionadas ao sedentarismo, comuns aos idosos e a pessoas com problemas vasculares e obesas.
-DORES MUSCULARES NO PESCOÇO: quase sempre ocorre pela sobrecarga e as tensões locais diminuindo o fluxo de sangue para o local.
-DORES INGUINAIS OU NA VIRILHA: muito relacionadas aos atletas que forçam muito os treinamentos e se preocupam muito pouco com um bom aquecimento e alongamentos.



CAUSAS DAS DORES MUSCULARES

A dor muscular acontece como um mecanismo de aviso de que algo ali não está bem, e serve de proteção para o corpo para a possibilidade de ocorrência de alguma lesão muscular.
As causas mais comuns das dores musculares são:
-rompimento das fibras musculares;
-alterações no PH dosado;
-esforço físico excessivo;


FISIOLOGIA DA DOR
A percepção dolorosa é frequentemente desencadeada por um estimulo nocivo, seja uma lesão ou uma doença em tecido somático ou tecido nervoso, periférico ou central. O sofrimento aparece quando a integridade física ou psicológica do individuo é ameaçada. A dor pode ser classificada como:
1-Do ponto de vista temporal, é classificada como aguda ou crônica;
2-Do ponto de vista da fisiopatologia, descreve-se a dor como nociceptiva, neuropática, e de influências do sistema nervoso periférico.






TEORIA DO PORTÃO DA DOR
Este conceito admite existir nos cornos posteriores medulares um mecanismo neural que comporta como um portão, podendo aumentar ou diminuir o seu debito partindo das fibras periféricas ao sistema nervoso central. A situação somática submete-se então à uma supressão reguladora do portão, mesmo antes de criar uma percepção à dor e a sua consequente reação. Portanto este portão serve de bloqueio da dor.



TRATAMENTO PELA ACUPUNTURA
A acupuntura irá agir diretamente no processo doloroso, onde iremos provocar reações químicas no cérebro, com liberação de endorfinas circulantes através do mecanismo neurotransmissor. Com isso haverá supressão da dor local e o possível processo inflamatório. Também irá ocorrer relaxamento muscular e melhor oxigenação tecidual através da melhora da circulação local.
Usamos agulhamento local sistêmico e auricular, assim como podemos trabalhar com ventosas no local e o uso do Laser acupuntura (Raio Laser – emissão de luz local sem dor). Os resultados são rápidos, logo nas primeiras sessões.


                                   CASOS CLÍNICOS














...A DOR PROVOCA NO SER A

 DURA EXPERIÊNCIA DO NÃO

 SABER LIDAR...COM O TEMPO

 INIBE, DILACERA E ESTAGNA O

 CORPO...





SERVIÇOS - mapa da região (clique no endereço desejado) 
Dr. José Antonio Rinaldi (Crefito3 / 12347-F)

Consultório I: Rua Salete, 117 - Santana - Telefone: (11)2973-9099
Consultório II: Rua Serra de Bragança, 1355 - Tatuapé - Telefone:(11) 3628-2125 / 3628-2129
Consultório III: Av.Onze de Junho, 357 -Vila Clementino  - Telefone: (11)3211-7105





CONTATOS
Cel: 55(11)- 993472511
email: dr.rinaldiacupuntura@gmail.com






















quarta-feira, 6 de novembro de 2013

DORES DEVIDO AO AUMENTO DE PESO E ACUPUNTURA






DEFINIÇÃO
Definido pela Organização Mundial de Saúde (OMS) como Indice de Massa Corpórea (IMC) igual ou acima de 25 e abaixo de 30, isto significa um estágio intermediário entre peso normal e a obesidade.
O aumento de peso crescente já há alguns anos, vem implicando em muitas questões sociais e econômicas. Nas questões sociais estão, o preconceito, o gasto demasiado pela família com este modo de vida e os problemas associados à saúde deste indivíduo que por fim apresentará quadro de diabetes, hipertensão, doenças cardiovasculares e neoplasias (câncer).




SOBREPESO
O sobrepeso esta relacionado ao aumento do tecido gorduroso local, maior que o habitual, que poderíamos chamar de ideal ou saudável.
O chamado sobrepeso alcançou taxas altíssimas mundialmente, mesmo em países sem estatísticas de obesidade tão intensas como o Brasil vem sofrendo com este mal que só cresce.
Um corpo para estar vivendo de forma saudável, deve acima de tudo ter certa quantidade de gordura para um bom funcionamento endócrino e metabólico. O corpo precisa de estabilidade da sua função  termorreguladora, reprodutora e imunológica.
O excesso de gordura gera sobrepeso, piorando assim suas funções metabólicas, mas acima de tudo piora a flexibilidade do corpo, modificando a sua estrutura morfológica e esquelética.







CAUSAS
As causas da obesidade são multifatoriais e envolvem muitos fatores que levam a pessoa a aumentar o peso. Estes envolvem ingestão exagerada de calorias, sedentarismo, fatores genéticos e emocionais e isto envolve a ansiedade.
Tudo parece acontecer na adolescência, onde envolve o processo do crescimento, que há perda nesta fase mais com o tempo começam a engordar e se não frearem a ingestão de calorias, e não modificarem seu estilo de vida haverá aumento de peso com certeza.
Também há problemas associados aos distúrbios hormonais, mas a grande maioria das pessoas apresenta quadro de ansiedade exacerbada, nervosismo e stress, onde compensam na comida. Isto gera um circulo vicioso que no final acaba piorando o estado de saúde do indivíduo.



CONSEQUÊNCIAS DA OBESIDADE
As consequências da obesidade vão desde problemas psicológicos até comprometimento da própria saúde como:
-risco de desenvolver diabetes tipo2;
-arteriosclerose e doenças cardíacas e vasculares;
-Hipertensão arterial;
-Insuficiência renal;
-Aumento dos triglicerídeos;
-Aumento das varizes;
-Desgaste precoce das articulações da coluna, quadril, joelhos, tornozelos devido ao aumento do peso.



A DOR
A dor é um sinal de alerta para o organismo, dizendo que algo vai mal, contudo esta ordem é composta por células especializadas no sentido da dor (nociceptores) que existem em milhares distribuídas na pele, e transmitem estes impulsos ao sistema nervoso central (SNC) que responde tentando afastar do organismo esse estimulo danoso. A dor aguda é um sinal, já a dor que permanece  por meses ou anos se torna crônica.



FISIOLOGIA DA DOR
A propagação dos impulsos de dor, se classificam em 4 tipos de estimulo: mecânico, elétrico,térmico e químico. Os nociceptores se associam a uma série de reflexos, tais como aumento do fluxo sanguíneo local, a contratura da musculatura vizinha, aumento da pressão sanguínea e dilatação das pupilas.
Quando um tecido é injuriado as prostaglandinas e os leucotrienos atuam sobre os nociceptores que se tornam sensibilizados e transformam em dor qualquer impulso.




 TRATAMENTO POR ACUPUNTURA
Utilizamos agulhamento sistêmico (agulhas no corpo) e acupuntura auricular, assim como uso de eletroacupuntura e Laser para amenizar o sofrimento das dores.
A agulha colocada no local irá possibilitar uma serie de reações em cadeia com liberação de substancias como as endorfinas e substãncias antiinflamatórias, bloqueando os impulsos dolorosos no cérebro. Trabalhamos as desordens do fígado e da vesícula biliar amenizando os efeitos latentes nos canais de energia Yang e os efeitos no coração. Os resultados neste tipo de dor são bastante satisfatórios.

                                     
                                        Casos clínicos   

                                   









 

...A DOR DILACERA O CENTRO QUE CONVERGE NA ALMA A SENSAÇÃO DO DESESPERO MAIOR, ENTÃO O MEDO INVADE E MUTILA A PRÓPRIA MENTE...

SERVIÇOS - mapa da região (clique no endereço desejado) 
Dr. José Antonio Rinaldi (Crefito3 / 12347-F)

Consultório I: Rua Salete, 117 - Santana - Telefone: (11)2973-9099
Consultório II: Rua Serra de Bragança, 1355 - Tatuapé - Telefone:(11) 3628-2125 / 3628-2129
Consultório III: Av.Onze de Junho, 357 -Vila Clementino  - Telefone: (11)3211-7105


CONTATOS
Cel: 55(11)- 993472511
email: dr.rinaldiacupuntura@gmail.com

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...